Sábado

18.NOV

BOA TARDE



POEMAS por Vitória
Poema 1 – CURA Ferida, exposta, doída, castigada, cicatrizada. O caminho da cura sem volta, a vida passando mercúrio a limpo... Gazes, pensamentos, esparadrapos, gestos, bandaids, vozes... Ações e reações, químicas, físicas, biológicas. Frases jogadas com significado próprio... Poema truncado, quebrado, desfeito, doente. Final. A guerra, a luta, a cura, a paz! Poema 2 – CHUVA Chove... Pingos de desilusão batem à minha janela... O vidro fosco encobre a verdade que cai sobre a minha cabeça... A noite negra esconde os fatos e os ratos do porão... A inspiração aparece quando a lua padece de um sofrimento sem cura... Amanhã... Com os raios de sol, a chuva de verão molhando o chão, E a vida renascendo das cinzas de um incêndio sem fogo... Poema 3 – EMOÇÕES Emoções jogadas fora... Emoções não trabalhadas, não garantidas, não amadas, não vividas... Feridas, Perseguidas, Desperdiçadas, Não partilhadas. Sentidas? Talvez. Divulgadas? Nunca. Merecidas? Quem sabe?!?! Poema 4 – VITÓRIA Tornar a nascer Re-nascer Viver novamente Re-viver. Progredir Acrescentar Ampliar. Achar o que parece perdido. Renovar. Procurar a resposta e achar. Estar livre para fazer o que quiser. Buscar o inatingível Pensar o impossível Conseguir tudo o que se quer. Sem segredos, culpas, mistérios. Com a vida toda pela frente E com a felicidade como meta principal. Vontade de fazer e acontecer. Lutas, glórias, vitórias! Poema 5 – LIBERTAÇÃO A inspiração toma conta de mim, Me envolve como uma redoma de vidro, E eu não consigo, nem quero fugir... Trabalhar emoções, desejos, ansiedades, Mesmo de forma involuntária... me faz muito bem. Me sinto mais leve, mais forte, Pronta para realizar meus mais secretos sonhos e aspirações. Assumir minha identidade real, Sair por aí em busca da felicidade a tanto tempo aguardada. Procurar e encontrar a paz e a alegria de viver... Estar aberta a novas experiências, Me sentir outra, Muito mais confiante em mim mesma, Pronta para o que der e vier. Tecer sonhos e torna-los realidade... Uma realidade onde eu sou eu mesma, E muito feliz!

WAD