Sábado

18.NOV

BOM DIA



membro da SPV - Helena Rodrigues
Não sei o que deu em mim, voltar a fazer poesia. Não estou sofrendo, nem estou querendo algo ou alguém distante de mim. Mas o fato é que voltei e gostei do que tenho escrito. Tem mais forma, mais estilo, menos mel, mais confiança. Deve ser talvez uma nova aliança que faço comigo mesma. Será? Quem é essa poetisa, irreverente, lúcida, acomodada? Deve ser mais sábia, talvez mais madura, quem sabe mais inteligente ou até mais conformada? Quem é essa poetisa tão inspirada? Que não se aguenta quieta, quer falar, mostrar, expor, compor, rimar. Na verdade não sei nada sobre ela. Ai que medo! E se for dura demais, dizendo as coisas na lata, tal como de fato são? E se for brava, agressiva ou muito crítica? Quem é essa poetisa que me inspira a dizer o que sinto assim de forma tão clara? (07/2008)

WAD